Facebook com novas ferramentas

8

Já funciona, nos Estados Unidos, França e Alemanha, um recurso do Facebook que permite que os usuários da rede social denunciem a publicação de notícias falsas. Os brasileiros que utilizam o site em inglês também podem ver a ferramenta, mas, por ora, indicações feitas no País não serão checadas, uma vez que a ferramenta utiliza geolocalização e não está liberada para o Brasil.

A possibilidade de sinalizar posts como notícia falsa só está disponível para publicações com links externos. Ou seja, não funciona no caso de vídeos e fotos publicados diretamente no site da rede social.

Até então, quem clicasse em “denunciar publicação”, só poderia optar entre “é spam”, “acredito que não deveria estar no Facebook” e “é irritante ou desinteressante”. O novo item é “it’s a fake News” (isso é uma notícia falsa).

Ao selecionar a nova opção, surge uma janela em que é possível marcar o post como falso. Nos países onde o recurso já está funcionando, a denúncia é enviada para uma empresa que fará a checagem.

Entre os objetivos das novas diretrizes estão aumentar a exigência de qualidade para os links “relacionados” e dificultar a receita com anúncios dos sites de notícias falsas. E além é claro evitar que nós, “simples mortais” possamos repicar noticias falsas… Um avanço!

Marketing nas redes sociais e a divulgação em mídias sociais

A tendência de aproximação do consumidor e criação de laços de relacionamento no marketing digital moderno encontrou nas redes sociais o canal ideal para criação desses pontos de contato e por isso é cada vez maior o número de empresas que buscam nas mídias sociais para divulgação de seus produtos e serviços, são os já conhecidos: “Patrocinados”. Nos últimos tempos o marketing nas redes sociais tem sido um dos segmentos que mais cresce em todo o mundo. Esse é um caminho sem volta em termos de tendência de marketing online e as empresas estão se adaptando cada vez mais a esse novo cenário.

Essa tendência traz desafios já que o marketing em redes sociais difere totalmente das outras formas de marketing tradicionais e online que as empresas estavam acostumadas a utilizar. A divulgação em mídias sociais obedece a uma mecânica própria, mais sutil e estruturada do que a verificada em links patrocinados e SEO, por exemplo.

É importante que as empresas se conscientizem dessa diferença e se adaptem a essa nova realidade, comenta Sérgio Baroukh, diretor comercial da Insight, antes que seja tarde. Além da importância estratégica é uma valiosa ferramenta de promoção de marca, de divulgação de produto ou serviço e no mínimo de aproximação com a mente do consumidor ou cliente.

Comumente este canal também é usado para diversas outras ações, como a criação de uma rede de relacionamento e atendimento ao cliente, por exemplo, mas no caso do social media marketing, nas campanhas em redes sociais, os profissionais de marketing digital fazem mais uso das seguintes ferramentas, pela ordem: Facebook, Instagram, Twitter e Google+, dependendo do caso e segmento de atuação da empresa, para só depois introduzir, de forma muito sutil, a mensagem publicitária.

Perfil Empresarial – EIRELI

7

A AMBIENS CONSULTORIA E PROJETOS AMBIENTAIS EIRELI é uma empresa especializada no desenvolvimento de estudos e projetos na área de gestão ambiental voltada para planejamento, implantação e operação de empreendimentos e atividades passiveis de licenciamento ambiental. As ações de gestão ambiental estão focadas na qualidade técnica e em um competente acompanhamento no processo de licenciamento ambiental junto aos órgãos ambientais.

Com profissionais que atendem as exigências da legislação de controle ambiental vigente e disponibilizando um grupo integrado e adaptado às necessidades de cada cliente, a AMBIENS conquistou não apenas a confiança de seus clientes, mas também a credibilidade junto aos mais importantes órgãos públicos municipais, estaduais e federais.

Com uma grande bagagem de informações e um acervo técnico e cientifico considerável em seu banco de dados a empresa conta, ao longo de quase 10 anos com o suporte dos profissionais da Insight que, atuam sempre de forma prestativa e eficiente, facilitando o dia a dia e as atividades da empresa.

Cientistas criam tecido capaz de carregar bateria de smartphones

Com tantas fontes de energia renovável surgindo por aí, não seria de se espantar se você começasse a recarregar seu telefone celular através de fotocélulas ou energia eólica, não é verdade?

Mas, agora, mais do que isso, uma equipe de cientistas descobriu o jeito ideal de obter, armazenar e fornecer energia para smartphones, diretamente da sua roupa. Um grupo de estudiosos de nanotecnologia criou uma malha de fios cobre flexível o suficiente para ser costurada em tecido, como lã ou tricô.

O aparato consegue captar e armazenar energia solar simultaneamente, sendo uma prova concreta de que é possível usar camisas hi-tech o suficiente para gerar carga para seu smartphone. Em outras palavras, a menos que esteja de noite, você vai poder sair por aí com uma roupa que mantém seu celular sempre com o máximo de bateria possível. Só por curiosidade: o filamento é feito de uma fotocélula e um supercapacitor para armazenar energia. Ambos com- partilham de um mesmo eletrodo e é possível agrupar vários destes dispositivos e costurá-los em um pedaço de tecido. Parece coisa de filme do De Volta para o Futuro II, mas não é… Por enquanto, o dispositivo ainda é um protótipo costurado em um pedaço de tecido feito de lã, mas em breve será realidade e rotina…

Conforto Tecnologico X Quebra de sigilo

Estamos todos cada vez mais encantados (alguns até alucinados) com o conforto que os recursos tecnológicos têm trazido para a nossa realidade. Estamos utilizando inteligências artificiais, assistentes pessoais e ferramentas que nos acompanham e alimentam de informações nem sempre úteis.

Muita coisa foi facilitada, mas alguns problemas nasceram por esse motivo. Um dos mais graves: A violação da nossa privacidade e da confidencialidade dos nossos hábitos.

Com o crescente desejo de poder através do controle sobre a informação, está cada vez mais difícil ter privacidade. Utilizando qualquer navegador, site de buscas, aplicativo, sempre estamos sendo monitorados em busca de saberem do que gostamos, aonde vamos e até com quem estamos, para mandar a propaganda mais adequada de acordo com o nosso perfil.

Algumas verdades inconvenientes para você pensar:

> Existe intensa coleta de dados e monitoramento do nosso comportamento. Apesar dos “Contratos de Licença de Usuário Final” (EULAS) informarem de forma obscura que algumas informações serão coletadas, não sabemos exatamente o que está sendo coletado;

> Não sabemos quem está usando o que é coletado nem o uso que está sendo dado a estas informações, nossos dados são vendidos ou utilizados como moeda de troca. Segundo Amilton Justino, especialista em Segurança Digital: “Quando o aplicativo é gratuito, o produto é você”;

> Quem coleta nossas informações não tem como garantir que esses dados não “vazem” ou sejam acessados indevidamente e acabem sendo usados sabe-se lá por quem; Ter sigilo e segurança dá trabalho e reduz a agilidade das operações, o que na era do imediatismo instantâneo é um pecado inaceitável.

Instagram ganha mais recursos para vídeos

Instagram (que pertence ao Facebook) acaba de receber uma atualização para os sistemas Android e iOS que traz novas funções para o Stories, recurso que mantém fotos e vídeos por 24 horas, mais ou menos como no rival Snapchat (essas redes são destinadas à publicação de imagens pelos usuários). Há três novidades:

A primeira é que passa a ser possível fazer vídeos no estilo do aplicativo Boomerang no próprio Instagram, sem que seja necessário instalar outra ferramenta ou atalho.

A segunda é que, ao fazer uma publicação no Instagram Stories, o usuário poderá marcar outras pessoas, como se fosse uma foto no feed. Se for marcado, o outro perfil recebe uma notificação enviada pelo aplicativo.

A terceira é para os instagramers famosos e verificados. Os donos desses perfis agora podem inserir links ativos em suas postagens e histórias. Com isso, fica mais fácil para o usuário divulgar seu conteúdo ou vender produtos. Isso também vai facilitar a vida de quem tem um grande número de seguidores e faz propaganda de produtos no aplicativo.

As mais recentes atualizações do Instagram oferecem recursos que já existem no Snapchat. Isso mostra a preocupação com a concorrência.

Perfil Empresarial – VOODOO

_APRSNT PADRAO VOODOO

A Voodoo Branded Content é uma empresa especializada em comunicação e marketing. Além de ter no escopo os serviços de uma agência de publicidade convencional, a empresa também atua fortemente em planejamento estratégicos on e offline. A Voodoo tem um sistema sofisticado de informática, além da utilização de equipamentos Mac, mantém um servidor de grande porte com sistema triplo de backup automático. Tudo isso para garantir a segurança dos arquivos gerados para seus clientes.

“Nossa preocupação é que nada se perca. Geramos muitos bytes diários em campanhas para nossos clientes e precisamos ter a segurança que nada será perdido. Por isso investimos em equipamentos de ponta e assessoria profissional.”, diz Gustavo Menyou, diretor de criação e sócio da empresa.

A Insight é nossa parceira desde o inicio das nossas atividades, nos dando todo o suporte para nosso crescimento orgânico e, quando necessário, planejamento para novos saltos. Além disso nos atende diariamente presencialmente ou pelo suporte satélite.

Brasil lidera compra on-line por smartphone

6

Utilizar aplicativos rápidos e intuitivos, ter facilidade na hora do pagamento e possibilidade de acesso em qualquer lugar orientado pelo uso de smartphones, as compras on-line por meio do celular evoluem na velocidade da luz. No primeiro semestre de 2016, o avanço foi de 55% ante igual período de 2015. E o Brasil desponta como líder no número de compras feitas pelo smartphone. De janeiro a junho do ano passado, a alta foi de 81% ante o período do ano anteior.

Os números fazem parte de uma pesquisa divulgada pela Zanox, empresa global especializada em marketing com sede na Alemanha. O setor em que as vendas por smartphone registraram o maior crescimento, foi o de turismo, com impressionantes 856%. Em segundo lugar ficou o de telefonia e serviços, com 351%. No varejo de forma geral, a maior alta (127%) no volume de negócios ocorreu nos países do Leste Europeu.

A participação do smartphone nas compras on-line avançou de 11% para 17%. A pesquisa apontou ainda que 81% dos telefones nos quais foram feitas compras on-line no primeiro semestre de 2016 têm sistema operacional Android.

Guerra Cibernética

Você já deve ter ouvido falar disso. Em filmes de ficção, robôs se destroçam em batalhas cheias de efeitos especiais, ou um androide é enviado ao passado para evitar que algo ocorra no futuro… na realidade a coisa é bem diferente. Injetando um programa malicioso no sistema de controle informatizado de uma turbina é possível destruir uma usina nuclear. Muitos acreditam que foi exatamente o que aconteceu em Fukushima no Japão. Uma configuração do sistema teria sido alterada por um worm chamado Stuxnet, fazendo com que o sistema de refrigeração da turbina não fosse acionado, provocando uma explosão.

Teorias da conspiração à parte, a Internet das Coisas (IoT), como foi batizada a automação de equipamentos através da internet, aliada à falta de cuidados com a segurança dos sistemas são alguns dos motivos que potencializam a vulnerabilidade para um cyber-ataque. Acessar imagens de câmeras de vigilância, assumir o controle de um veículo autônomo ou provocar o caos no sistema de trânsito, financeiro, de comunicação ou de defesa de uma cidade ou até de um país inteiro, são alguns exemplos do que veremos por aí a qualquer momento.

Segundo Amilton, Diretor Técnico da Insight, o que possibilita estes ataques de forma cada vez mais ostensiva é a falta de segurança da informação aplicada. Cada vez mais tem pessoas sem a capacitação necessária implantando sistemas de acesso (catracas, câmeras), deixando os novos recursos de acesso externo ativos nestes equipamentos, sem se preocupar em configurar uma senha forte ou tomar outros cuidados.

News 05

5